sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Jogos inesquecíveis: Palmeiras x Vasco 2000


Há uma música da torcida vascaína que diz que "O Vasco é o time da virada". Os palmeirenses souberam da pior forma o que significava essa tradição cruzmaltina no dia 20 de novembro de 2000, em pleno Palestra Itália. Palmeiras e Vasco entravam em campo para, em um terceiro jogo, decidir a copa Mercosul daquele ano. O alviverde de Tuta, Arce e Magrão faz um primeiro tempo arrasador e abre a enorme vantagem de 3x0. Mas o Vasco também é conhecido no Rio como "Machão da Gama". O time que conquistaria o brasileiro naquele ano, tinha um ataque ainda mais impressionante que a máquina que vencera a Libertadores dois anos antes. E mesmo a pixotada de Júnior Baiano, expulso no segundo tempo, não impediu uma das mais fantásticas reações já vistas no futebol brasileiro. Os atacantes vascaínos enlouqueceram a defesa palmeirense. Juninho Paulista conseguiu dois pênaltis, convertidos por Romário. Depois, foi a vez dele mesmo marcar, já aos 45 minutos. Em campo, o Palmeiras estava completamente perdido. Do outro lado, Euller, antigo artilheiro do verdão, corria como nunca; Viola, ex-carrasco corinthiano, entortava os marcadores e os Juninhos Paulista e Pernambucano tabelavam rapidamente. E aos 48, a bola caprichosamente encontrou o craque Romário sozinho de cara para o gol aberto de Sérgio. Duro e inesquecível castigo para os torcedores que acompanhavam a peleja vestidos de verde e branco.

Palmeiras x Vasco 2000
- Cartela de escudinhos (PDF)
Palmeiras x Vasco 2000 - Cartela de escudinhos (PDF)
Palmeiras x Vasco 2000 - Youtube

2 comentários:

tevez disse...

eu lembro desse jogo!! tinha 9 anos! valeu a pena ter ficado acordado, apesar do meu palmeiras ter perdido...

falando em mercosul, quando teremos a argentina contemporanea no blog?

parabens pelos kits!

MarcosVP disse...

Vou anotar seu pedido, Tevez.
Forte abraço.